sábado, 2 de julho de 2016

No sonho da poesia


Boyce Avenue - A Thousand Years (Legendado-Tradução) [OFFICIAL VIDEO]

Boyce Avenue BR
http://www.boyceavenue.com/
~,~,~
Automat, 1927 by Edward Hopper
 A solidão é um tema forte na sua vasta obra.
http://www.edwardhopper.net/
~,~,~

No sonho da poesia 

Não peças ao teu corpo que me olhes
Nem em tuas curvas irei perder-me
No arrepio da tua pele perseguir os lábios  
Não irás em teus seios tornar-me amante

Não aos momentos sublimes do teu suor 
Nem verei a transparência de tuas vestes
Nem a cegueira terei nos teus penhascos 
Em queda profunda nos teus desejos

Minha delicadeza não tocará teu rosto
No macio da pele o tato se negará  
Os dedos resistirão na seda o toque 
Nos cabelos seduzido não quedarei      

Não ao tremor no teu corpo desnudo
A minar a estrutura do meu ego
No teu suspiro não respirarei prazeres
Calo o meu grito ao teu ventre mudo

Não entregarei aos teus lábios úmidos 
Meu desejo voraz em saborear tua boca
Não saciarei na tua saliva o meu deserto 
Morrerei nas bordas frescas do teu oásis

Não alimentarei no sabor da pele
O gosto do sal que me alimentas
Nem o perfume morno que provocas 
No ardente percurso pelo teu corpo  

Não saberei dos anseios rosados
Em teu ventre o aflorar contente
O segredo febril do teu amante
Da pureza nem o degustar ardente 

Não me toques com a tua magia
Nem me seduza com teus sussurros    
Sou o avesso dos teus desejos insanos
És ainda o sonho desperto na poesia