segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Filosofia de boteco pra macho. Lá vai...

Pessoas que não compreendem nem os bichos.
Dirá compreender as pessoas.

A Mulher não precisa de sexo 3 vezes por semana.
Não se sente traída por sexo.
A Mulher se sente traída na confiança, traída pela família.

A Mulher não quer abraço e atenção quando está cozinhando.
Isso é interesse pelas comidas.

A Mulher quer atenção e carinho nas cólicas menstruais.

Quem precisa de sexo 3 vezes por semana é o homem macho,
que não sabe o que fazer com a produção continua de espermatozóides.

A mulher tem que se dar o valorizar.
"A Mulher precisa estar ao lado de um homem para ter valor."

Não! Ao contrário.
O homem sem a mulher é que não tem valor.

A ideia que a Mulher só necessita da sensualidade e o Homem do patrimônio só conjugam interesses e frustrações.
Essa é a inversão de valores há tempos na sociedade que desvaloriza a Mulher.

O homem se sentirá desejado pelo patrimônio e frustrado por não ser amado.
Sendo até agressivo para com a mulher pela decepção.
A mulher se sentirá valorizada pela beleza e pela sensualidade, mas frustrada por não ser amada. Sendo até agredida e magoada por ser um objeto de prazer.

O "amor romântico" do século passado, o provedor e a dependente

O homem sem a mulher é que não tem valor.
O homem sozinho não perpetua nem a espécie.
A mulher que convive com um macho deste não está sendo amada,
nem respeitada, tão pouco valorizada, só é de utilidade e também usada só por prazer.

O homem de cérebro reptiliano, Morre no pensamento machista.
Não serve nem para evolução da espécie humana.
 ~.~ 

 A mente é maravilhosa 

 O cérebro reptiliano e a necessidade de poder sempre andam de mãos dadas. São personalidades regidas pelas emoções mais primitivas, as mais agressivas e sem empatia, nas quais só se respira o prazer do domínio e a preocupação por si mesmo. Nas suas mentes não existe o autocontrole, e menos ainda a consideração pelos outros.
https://amenteemaravilhosa.com.br/cerebro-reptiliano-viciados-poder/

domingo, 6 de agosto de 2017

A beleza era mulher, ainda menina


Maria Gadú - "Quando fui chuva" {feat. Luis Kiari} - DVD Multishow Ao Vivo [Vídeo Oficial]
Web site 
guelã ao vivo ​por maria gadú
https://www.mariagadu.net/
~.~
imagem colhida na internet

A beleza era mulher, ainda menina

Tanta piedade se peço por uma mulher
De tão perdida se embeleza e se perdeu
Já morreu num falso amor, foi pela dor
Tudo é dor, é falso amor, morrer em vida

A beleza foi da menina, se perdeu da flor
Na mulher, a menina se perdeu do amor
Não há como voltar, nem há mais casa
Não há mais lar, lá se morava um no outro

Não, não há o que houvera por te amar
Não há na mesma rua, nem há a menina
Não há o que houvera, nem a mesma eu
O que era meu, só meu e se quebrou

Seu pai tocava, nem era tanto o amor
Sua mãe calava, enquanto só havia dor
De tanto amor, de pai por pais trocava
Amas pai, a mulher que hoje te alucina

Um coração que pulsa, enquanto sangra
Por uma mulher, a dor da piedade venho
Da beleza que se perdeu de tão perdida
Agora pulsa, repulsa, expulsa e se enoja

Nunca mais serão as duas, as mesmas
Não mais uma flor, nem mais perfume
Nem mais beleza, nunca mais ela será
Apenas fez dela um objeto dela mesma

Quando olho nos teus olhos não te vejo
Então, você me dói
~.~
imagem colhida na internet

Com o tempo, a tudo a gente se acostuma
A gente se acostuma a não saber quem somos
A gente se perde e não volta mais pra casa
Não há mais o lugar de onde a gente veio
Não há mais a mesma rua
Nem é a mesma casa
Lá não se mora mais um no outro
Não há mais um lar
Nem há a mesma menina
Lá nem sou mais eu
Me perdi de mim
Pelos caminhos
Não sei quem sou
Agora não dá mais
Não tem mais vida
Não sei mais voltar
Um dia volto pra casa
 Não sei pra onde
Se volto um dia pra mim


A vida não se fantasia, 
O sonho que é o sonho verdadeiro, se constrói um pouco do sonho todo dia 
O sonho que se constrói em segredo no impossível dos apequenados
Até que um dia o impossível aconteça na realidade
O impossível é muito grande pra gente pequena 
Gente pequena fantasia pra você ficar junto
Te enclausuram e te sufocam
Te diminuem pra você ficar presa 
No pequeno tamanho deles

Desde quando uma mulher precisa de um homem pra Ser valor?
imagem colhida na internet

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

o egoísta obsessivo inaceitável e a narcisista. A vaidade é o prazer sexual que vicia. A vaidade é o prazer de se exibir aos outros

Homenagem para Luiz Melodia
Luiz Carlos dos Santos, mais conhecido como Luiz Melodia, foi um ator, cantor e compositor brasileiro de MPB, rock, blues, soul e samba. 
Nascimento: 7 de janeiro de 1951, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Falecimento: 4 de agosto de 2017
Luiz Melodia
www.luizmelodia.com.br/
Site Oficial Luiz Melodia.
~.~
LUIZ MELODIA - QUASE FUI LHE PROCURAR[Roberto Carlos]
~.~

LUIZ MELODIA & ZIZI POSSI - ESTÁCIO, HOLLY ESTÁCIO
~.~
Juventude Transviada
Luiz Melodia

Lava roupa todo dia, que agonia
Na quebrada da soleira, que chovia
Até sonhar de madrugada, uma moça sem mancada
Uma mulher não deve vacilar

Eu entendo a juventude transviada
E o auxílio luxuoso de um pandeiro
Até sonhar de madrugada, uma moça sem mancada
Uma mulher não deve vacilar

Cada cara representa uma mentira
Nascimento, vida e morte, quem diria
Até sonhar de madrugada, uma moça sem mancada
Uma mulher não deve vacilar

Hoje pode transformar, e o que diria a juventude
Um dia você vai chorar, vejo clara as fantasias
~.~.~.~
"Uma mulher não deve vacilar"

O pobre não sonha, o pobre fantasia.
O pobre que fantasia não constrói os sonhos na realidade
 Os sonhos de ser feliz ficam na fantasia
A vida na fantasia é uma vaidade empobrecida de conteúdo
A felicidade é dentro daquele que faz o sonho acontecer em vida

Os sonhos só se realizam longe e livres de gente egoísta
Todo egoísta deseja muito mais que os teus bens e a tua posse
 O egoísta tudo fará pelo sádico prazer do teu impossível
Para o egoísta é impossível a tua liberdade

O impossível é uma ideia
 O impossível é um sonho muito grande pra gente pequena
Gente pequena egoísta te aprisiona e não te permite crescer
Gente egoísta é pequena para te apequenar dependente
Gente pequena é o egoísmo de só te curtir e te enganar na fantasia

 Na vaidade do prazer egoísta, vicioso e empobrecido
O egoísta é um pobre de amor que se apropria por prazer
O egoísta não doa, não sabe amar
O egoísta quer mais ter prazer e te dará em troca o sofrimento

O egoísta quer o prazer da sua vida inteira
Um vida exuberante que se tornou escrava
 Uma vida fantasiosa que foi perdida na vaidade
A vaidade de ser um pobre de sonhos

A vaidade é um sonho dos egoístas que roubam a tua beleza da vida
|A vaidade e o egoísmo andam juntos
A vaidade que ser desejada pelo egoísta
O egoísta deseja o prazer e a posse da sua vaidade

A vaidade, o vício dos vícios

Um estudo da vaidade humana.
(baixe o livro, gentileza de Dr. Flavio Gikovate.com.br)
http://flaviogikovate.com.br/preview_produtos/vicio_dos_vicios.pdf

A vaidade exacerbada e a mentira de uma vida fantasiosa em nome de uma falsa verdade.
A desonestidade imoral e o egoísmo inaceitável e narcisista do ciumento possessivo.
A vaidade é o instinto de prazer sensual que vicia e causa a dependência
A vaidade é o prazer de se exibir aos outros sexo do oposto
A assédio sexual provoca a exacerbação da sexualidade
A exacerbação de exibir a sexualidade aos outros do sexo oposto

As vitimas apresentam várias sequelas psicológicas
Tais fobias, síndromes do pânico, traumas, entre outras psicopatologias
Necessitam de terapia cognitivo comportamental e cuidados médicos psiquiátricos

Toda pessoa vaidosa é manipulada pelos outros através da sua vaidade
A vaidade é a principal causa dos sofrimentos
A vaidade é a beleza que agride a si mesma, que vem pelo prazer e o desejo agressivo dos outros.
Exacerbar-se sexualmente é uma auto agressão
A vaidade exacerbada e a mentira em nome de uma falsa fantasia de vida.
Na desonestidade imoral e o egoísmo inaceitável de um narcisista.
Irás perceber que algo está errado pelo sofrimento.
Num envolvimento problemático promovido pelo Algoz
O sentimento de culpa será sempre atribuído a vitima sem ter culpa
Num processo de manipulação através da vaidade da vitima
A vaidade é o prazer sensual que vicia, é o prazer de se exibir aos outros
A vaidade limita a compreensão do envolvimento olhando somente para si mesma
Sem que se vejas na realidade em que vives, somente sofrendo sem compreender

"A vaidade exacerbada é a tua inimiga e a causa dos seus sofrimentos"
O algoz faz uso da sua vaidade te manipulando
Um Algoz egoísta insaciável e possessivo
Subtrai a tua dignidade e a identidade pessoal pelo sofrimento
 Frio e calculista, que te mata um pouco todo dia
Os guerreiros através do sofrimento das chicotadas se tornam escravos.
Os diversos graus de egoísmo - Dr Flávio Gikovate - in memoriam
O egoísmo é uma escolha inaceitável, imoral, pelo prazer de possuir tudo que a outra pessoa é e tem de melhor, inclusive a sua vida.
Como se tem falado mais em "psicopatas" e "borderline", as pessoas têm prestado mais atenção à variedade de características de personalidade.
São mais egoístas os que toleram mal frustrações e contrariedades: tornam-se agressivos e não poupam ofensas aos que frustram seus anseios.
Ao observarmos certas pessoas agindo com maldade e sem se importar com a dor que provocam, temos dificuldade em achar que não sentem culpa.
Site: www.flaviogikovate.com.br
Facebook: www.facebook.com/FGikovate
Twitter: www.twitter.com/flavio_gikovate
Livros: www.gikovatelojavirtual.com.br
~.~

11 verdades que o egoísmo esconde de você
1. Desejar o mal a outra pessoa, porque ela tem algo que nós não temos, não nos trará o bem que não temos, e sim o mal que não tínhamos. Responder com um mal (calúnia, difamação, hostilidade etc.) diante de um bem do outro (uma habilidade que não temos, o sucesso etc.) constitui um mal e se manifesta em outros males (ódio ao próximo, dano causado a ele, dano a si mesmo etc.).
2. Qualquer pessoa é mais valiosa que todas as coisas, possessões ou pertences.
3. É mais saudável ocupar-se dos outros que unicamente de si mesmo.
4. A pessoa vai se enriquecer na medida em que contribuir para o enriquecimento pessoal de parentes, amigos e colegas.
http://www.contioutra.com/11-verdades-que-o-egoismo-esconde-de-voce/
https://pt.wikipedia.org/wiki/Vaidade

A mentira é uma escolha de enganar alguém e uma característica do desonesto. Ser desonesto é também uma escolha e o todo desonesto quer sempre ter vantagens. Todo desonesto é um egoísta e ser egoísta é uma escolha de busca infinita e imoral de prazer e posse, mesmo ao limite de possuir tudo ao extremo até a morte de outro alguém.
Os perigos da vaidade excessiva: http://ajudaemocional.tripod.com/id512.html
~.~

O ser humano vaidoso sente prazer em chamar atenção 
Dr. Flavio Gikovate - in memoriam

Tem muita gente com diploma, que acha que sabe tudo e tem uma boa educação. Eles pararam no tempo deles, no conhecimento deles, no egoísmo deles. O conhecimento não tem limites para transformar o animal em ser humano civilizado. Somente o conhecimento transforma e desenvolve a inteligência. Não se vence pela força, pela agressão, mas pela inteligência e a afetuosidade. Aquele que te impede de estudar, tem impede de evoluir para ser humano e te escraviza o corpo e a mente em cativeiro, te transforma em dependente prisioneiro. É o egoísta narcisista em busca do prazer animal sem limites, sem remorsos, sem dó e nem piedade por ele mesmo. O nascisista é o extremo patológico da vaidade. 
https://circuitogeral2015.blogspot.com.br/2014/12/espelho-espelho-meu-sindrome-de-narciso.html
~.~
O Narciso acha feio na aparência do que não se considera bonito. Vê apenas a imagem da beleza de si mesmo. "Espelho, espelho meu, há alguém mais bonita do que eu?" A vaidade cega o vaidoso, engana-o de compreender os seus defeitos, não sente a falta do conhecimento, a sua pouca inteligência não lhe permite compreender-se, a falta do valor de sua pessoa humana. A sua integridade permanece ôca, vazia de sentimentos e plena de sofrimentos. A vaidade é prazer e vício, é o gostar de se exibir aos outros. Reflexõpes sobre a vaidade humana: Dr Flavio Gikovate http://somostodosum.ig.com.br/artigos/psicologia/reflexoes-sobre-a-vaidade-humana-6141.html
~.~
A vaidosa não se tolera ser rejeitada, de não ser o centro das atenções, onde tudo lhe é preferência, e a todos para servi-la ao seu bel prazer. O vaidoso não se vê empobrecido, não se relaciona com a realidade da própria pobreza e a recusa da realidade na fantasia vaidosa em que vivencia. Vê-se como o centro da beleza, mas não consegue ver-se rodeado pela pobreza de seu ambiente e do empobrecimento das pessoas, cega pelo vaidade e pela carência de si mesma, não se reconhece nos que convivem ao seu redor. 
Como entender a vaidade feminina utilizando a auto estima e a personalidade. 
http://www.fgv.br/rae/artigos/revista-rae-vol-53-num-4-ano-2013-nid-47343/
~.~
~.~
A vaidade é o prazer de se exibir aos outros, como a aparência mais bonita, o corpo mais desejado, o atrativo mais sensual. Torna-se exibicionsita e movido pelos instintos ao se exibir da sua natureza do seu corpo sensual. Um corpo produzido para atrair os machos ou as fêmeas para a posse, o sexo e a reprodução. https://pt.slideshare.net/DaniGoedert/no-limite-da-vaidade-feminina-o-culto-ao-corpo-e-suas-representaes

Todo macho é dominante e usa a força agressiva, pois ele se acha no direito de possuir uma fêmea, que por sua vez a fêmea é sempre agredida, humilhada pela força e submissa como sua propriedade genética e refém do instinto para o território de prazer e sexo. Quem se exibe pelo sensual é para atrair o sensual dos outros, tanto quanto quem deseja sexualmente é para ser desejado pelo sexo dos outros. O exibicionismo é para dispor-se ao público. Expõem-se para o risco da agressão, ao chamamento desejado e o indesejado, as ofensas das palavras chulas e aos cortejos dos assédios sexuais dos instintos animalescos dos outros. 
~.~

O assédio sexual provoca a exacerbação da sexualidade. 
80% de abusos sexuais ocorreram com crianças de 0 a 15 anos
http://cidadeverde.com/noticias/101723/80-de-abusos-sexuais-ocorreram-com-criancas-de-0-a-15-anos
Todo macho ataca seus invasores de território e em defesa contra a sua perda da posse das fêmeas. O macho Não estará em defesa da vida da fêmea, pois ela será preservada pelo invasor, seu novo macho em seu mesmo ciclo reprodutivo.
Compulsão sexual, como identificar e como agir: http://sexosemduvida.com/compulsao-sexual-como-identificar-e-como-agir/


A vaidade nos extremos conduzem as doenças mentais e físicas, a anorexia, ao nascisismo, a exacerbação da sexualidade, exibição exacerbada da sensualidade, os desvios de comportamento e os conflitos de adaptação social e afetiva. 
VAIDADE EXCESSIVA, PODE SER UM TRANSTORNO PSICOLÓGICO: DISMORFOFOBIA
http://somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=26234
~.~
~.~
A hiper sexualidade conduz a ninfomaníaca, ao viciado em sexo dependente. Todo egoísta e manipulador te controlará pela sua vaidade. 
 http://superela.com/2016/05/05/precisamos-falar-sobre-vigorexia-a-doenca-da-vaidade/

As fobias e sindromes de pânico despertam pelo medo da posse sexual agressiva e traumática. O medo é deveras excitante e muito prazeroso num clima de erotismo, mas provoca o pânico e a fuga pelo temor da da posse e da agressividade sexual e física. 
Comportamento Sexual Compulsivo
Para ser patológico o Comportamento Sexual Compulsivo deve causar sofrimento emocional e proporcionar conseqüências interpessoais 
http://www.psiqweb.med.br/site/?area=NO/LerNoticia&idNoticia=168

Aquele que é agredido aprende a agredir, tanto quanto, aquela que assediada aprende a assediar. O sofrimento mental é o mais lento e doloroso na terapêutica psicológica da recuperação do trauma. O apetite sexual excessivo: https://pt.wikipedia.org/wiki/Apetite_sexual_excessivo

A vaidade só se permite olhar pela beleza e distorce a visão da realidade empobrecida. A vaidade é enganosa iludindo e estimula a fantasia de uma falsa felicidade. Imagina-se estar vivendo um padrão social invejável, porém em nada real ou de sua própria propriedade. http://www.revista.pucminas.br/materia/espelho-espelho-meu/
Despreza-se o conhecimento que enriquecerá o trabalho e a renda. O empobrecimento limita-o na auto beleza aparente, limita-a numa opinião persistente, sem conteúdo de valores e conhecimentos.  http://www.unicentro.br/redemc/2011/conteudo/mc_artigos/Midia_Cidada_Brito.pdf

Descobre-se uma fraude e perda de tempo em vida, depois da descoberta que estava sendo enganada por si e pelos aproveitadores egoístas. Os egoístas tiram do vaidoso, todo os seus pertences, projetos futuros, seu corpo e o tempo de vida em troca de sua vaidade. A vaidade é o vício dos vícios. http://flaviogikovate.com.br/preview_produtos/vicio_dos_vicios.pdf
~.~
~.~ 
A vaidade é a causa de muito sofrimento, de muita frustração, de muita agressão, de isolamento social e muita dor.  A vaidade em seu equilíbrio é auto estima, é gostar da própria higiene, do bem-estar, do bem vestir, do bem se apresentar ao público.
~.~

Todos os extremos são patológicos, sejam dos instintos, das emoções e dos sentimentos são incondicionáveis pelos instintos, condicionáveis pelo humano, doutrinários ideológicos e psicologicamente doentios. 

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Algumas pessoas irão GOSTAR de você, porque quem AMA não te usa


Mônica Salmaso - Basta um dia [Chico Buarque] Gravadora Biscoito Fino
DVD, ao vivo, gravado em março de 2008 no teatro Fecap em São Paulo, registra o show homônimo, que já passou pelas principais capitais do país. Ao lado do quinteto Pau Brasil, formado por Nelson Ayres (piano), Paulo Bellinati (violão e cavaquinho), Teco Cardoso (sax e flautas), Ricardo Mosca (bateria) e Rodolfo Stroeter (baixo), Mônica Salmaso contempla diversas fases do autor Chico Buarque.
                                   Mônica Salmaso Web Site                                     
                  http://www.monicasalmaso.mus.br/                    

Pra mim basta um dia
Não mais que um dia
Um meio dia

Me dá só um dia
E eu faço desatar
A minha fantasia

Só um belo dia
Pois se jura, se esconjura
Se ama e se tortura
Se tritura, se atura e se cura
A dor na orgia
Da luz do dia

É só o que eu pedia
Um dia pra aplacar
Minha agonia
Toda a sangria
Todo o veneno
De um pequeno dia

Só um santo dia
Pois se beija, se maltrata
Se come e se mata
Se arremata, se acata e se trata
A dor na orgia
Da luz do dia

É só o que eu pedia, viu
Um dia pra aplacar
Minha agonia
Toda a sangria
Todo o veneno
De um pequeno dia
~.~

Algumas pessoas irão GOSTAR de você, porque quem AMA não te usa e depois descarta.
As pessoas que gostam são apenas o gostar momentâneo dos interesses prazerosos, muitas vezes egoístas e enquanto puderem te usar. A lealdade termina quando os benefícios acabam!
Os que te amam não te fazem sofrer, porque amar-te sofreriam juntos, porque há uma parte de mim em você que eu muito te amo, me abrigo em você querendo te proteger protegendo-me e desejando-me o teu bem tanto quanto quero o meu bem. Jogamos com as mesmas regras do jogo, porque o seu jogo é o meu jogo, porque em nós quando você ganha, nos ganhamos em que planejamos juntos.
O jogo mútuo dos nossos planos pelas alianças, muito além dos dedos que são algemáveis. Um jogo da vida para dois, unindo as nossas mãos em nossas vitórias. Quando você ama e cresce, crescemos juntos, quando você ama e se evolui para evoluirmos juntos. Quando nos amamos, nos amamos para construirmos juntos o abrigo seguro para a nossa morada, não apenas dividir um teto, quando moramos um no outro, somos juntos um lar.
Então, não sofra para que não soframos juntos. Não se deixe vencer, não permitas que te manipulem, não se deixe ser usada. Saibas quando é a hora de parar para contabilizar as perdas e compreender que os erros e a dor são os avisos para mudar do caminho. Mudar-se daquela que só é enganada, só é usada pelo desejo de gostar, só em viver na fantasia. Ame-se para saber que amar não é gostar do outro.
Mas, é pobre aquele que não sonha, não constrói todos os dias a realização dos sonhos. É pobre aquele que fantasia viver uma vida que não se é verdadeiro, desejando ser a fantasia do outro e com a intenção de ter tudo que o outro tem de melhor, até que os benefícios acabem. Enquanto isso, irás apenas sofrer a própria indiferença dos sentimentos que nos torna humanos e se transformarás sofrendo como um objeto entre todas as coisas.

Disseram-me: O amor só existe da mãe pros filhos e filhas. O resto é gostar e ter prazer.
O que existe entre mulheres e homens são interesses do que cada um tem de melhor, que dá pra ver com os olhos e pegar com as duas mãos.

Os homens querem uma mulher bonita, jovem e gostosa. De preferência submissa, prendada, sensual e promiscua no sexo. Cuide bem das filhas e filhos, das roupas e da casa limpa. Seja higiênica e goste de se exibir pra outros homens pra ser dominada só por um e, ser uma fêmea totalmente dependente, intelectualmente dependente. Uma mulher custa caro.

As mulheres querem se ajeitar na vida com homens de bom patrimônio e bem sucedidos na profissão para garantir a renda. De preferência que paguem tudo, entre viagens de avião, hotéis, carros novos, casa de luxo e bem decorada com espelhos e com uma única mulher bonita. Só com um homem com muito patrimônio a mulher social tem muito mais valor. Sejam muito ciumentos para dar segurança ao relacionamento. Sejam dominadores e tenham a iniciativa de defendê-las da promiscuidade dos outros homens. O Homem não tem que ser bonito e nem gostoso, mas tem ser inteligente, muito ciumento, muito possessivo, muito bem de vida no patrimônio e muito machista pra defender a fêmea e o território. Se não for a fêmea dele, não vai ser de mais ninguém.

Pra um homem basta uma cerveja, um jantar e uma televisão. Pra se distrair fica pensando na outras mulheres. Quando alguém pergunta em que pensam, eles dizem que não pensam em nada. Não tem que dar satisfações pra ninguém, principalmente para uma mulher que não entende de nada.
Relações de interesses unindo o útil ao agradável, o conforto e o prazer, a posição social e a segurança. Tudo compensa pelos filhos e as filhas bem tratadas, bem vestidas e talvez felizes

O restante dá-se um jeito. O amor é pra gente tola.
O casal se atura, se conforma, se acostuma, se subordinada, se enjoa, se enoja, se sofre, se maltrata, se frusta, se inibe, se castra, se anula, se odeia, se chora, se aniquila, se cheira, se silencia, se trai, se desconfia e se procura longe um do outro. Em cada um nos seus prantos dos seus interesses, pra se esconder um do outro, do medo, da agressão, da vergonha, da indignação, do desrespeito, do desafeto, da infelicidade, da carência e da solidão a dois. Se o dinheiro acabar, se a gente não se aturar e só se odiar, a gente se renova e se troca por outros modelos mais novos.

Jacques Lacan definiu o sentimento de amor: "Amar é dar o que não se tem a quem não quer."

Saber o que NÃO se quer em um relacionamento é mais importante do que saber o que se quer.  AMAR é querer estar junto, APESAR dos defeitos… todo o resto não passa de um mero “gostar”.
A atração física e beleza, gostos em comum e as afinidades, por que não? São bons significativos atrativos. Porém, não bastam como atributos permanentes. O tempo a tudo devora.
O tempo devora tudo, o prazer que se vai trocando, os gostos que vão mudando, as afinidades se alternando, a beleza vai murchando, o dinheiro escasseando.
O tempo devora tudo, menos o sentimento de amor e os valores pétreos.

Carregamos em nós, muito mais dos nossos pais do que pensamos quem somos.
Somos muito mais que os nossos pais fizeram e os outros fizeram de nós.
Minha mãe me ensinou a ser e a fazer tudo o que eu sei fazer e sou.
Sou igual a ela e alguma coisa a mais. Meu pai me ensinou a ser mais mulher que a minha mãe e a ser mais homem que ele. Não somos criados para nossos pais, eles formaram a base da qual nos lançaram para a vida.
Pior que achar que sabe enganar, é enganar a si mesmo, tentando viver uma realidade não existente. Não concretizar um sonho, tornando-o realidade num projeto de vida, mas viver uma fantasia.

As distorções de pensamento que nos engana:
Se sofrer faz parte da vida, então sou feliz sofrendo.
A opinião dos outros, que são mais inteligentes, é mais importante que os meus desejos das minhas conquistas.
Liberdade pra quê, se não posso fazer o que quero?
O que as pessoas vão pensar sobre mim? Creio que o que eles pensam seja problema deles.
Não gosto que mandem em mim, mas concordo só pra evitar confusão.
Quando sou agredida fico quieta, se tentar me defender ele fica mais agressivo e é pior pra mim.
Nos personificamos como o erro, somos o fracasso, somos complicados, somos problemáticos?

Contamos nossas histórias um para o outro para sabermos de nós. O significado da história do que fizeram de nós, para que saibamos o que faremos com o que fizeram de nós.
Para que das entrelinhas um dia saibas, que nunca será preciso escrever um pedido.
"As pessoa não são pobres pela forma que vivem... São pobres pela forma como pensam!"
Nem todo pensamento está expresso pelas palavras sobre as linhas.
Se são os pobres pela forma como pensam!
Não pensarão reconhecer o que se pede em segredo nas entrelinhas.
Sobre os teus pés está o pedido, na imagem acima, sobre a palavra "pensam!"
Dás-me a lua?
~.~
Chico Buarque - "Tua Cantiga" (Clipe Oficial)
"Tua Cantiga", novo single de Chico Buarque, está disponível a partir de hoje em todas as plataformas digitais. A canção, que integra o álbum "Caravanas", tem letra de Chico e melodia do pianista Cristóvão Bastos, seu parceiro na hoje clássica "Todo o Sentimento", de 1987.
http://www.biscoitofino.com.br/?lang=pt

Chico Buarque Web Site
http://www.chicobuarque.com.br/

Quando te der saudade de mim 
Quando tua garganta apertar 
Basta dar um suspiro 
Que eu vou ligeiro 
Te consolar 

Se o teu vigia se alvoroçar 
E estrada afora te conduzir 
Basta soprar meu nome 
Com teu perfume 
Pra me atrair 

Se as tuas noites não tem mais fim 
Se um desalmado te faz chorar 
Deixa cair um lenço 
Que eu te alcanço 
Em qualquer lugar 

Quando teu coração suplicar 
Ou quando teu capricho exigir 
Largo mulher e filhos 
E de joelhos 
Vou te seguir 

Na nossa casa 
Serás rainha 
Serás cruel, talvez 
Vais fazer manha 
Me aperrear 
E eu, sempre mais feliz 

Silentemente 
Vou te deitar 
Na cama que arrumei 
Pisando em plumas 
Toda manhã 
Eu te despertarei 

Quando te der saudade de mim 
Quando tua garganta apertar 
Basta dar um suspiro 
Que eu vou ligeiro 
Te consolar 

Se o teu vigia se alvoroçar 
E estrada afora te conduzir 
Basta soprar meu nome 
Com teu perfume 
Pra me atrair 

Entre suspiros 
Pode outro nome 
Dos lábios te escapar 
Terei ciúme 
Até de mim 
No espelho a te abraçar 

Mas teu amante 
Sempre serei 
Mais do que hoje sou 
Ou estas rimas 
Não escrevi 
Nem ninguém nunca amou 

Se as tuas noites não têm mais fim 
Se um desalmado te faz chorar 
Deixa cair um lenço 
Que eu te alcanço 
Em qualquer lugar 

E quando o nosso tempo passar 
Quando eu não estiver mais aqui 
Lembra-te, minha nega 
Desta cantiga 
Que fiz pra ti
~.~
Os Conselhos para as amantes infelizes.
Por quê? 

O triângulo amoroso é um engano a três. -Carlos Drummond Andrade


Você é uma boa pessoa, gosta de animais, trabalha como uma condenada, estuda à noite e seu coração não é um icerberg. Você vai ser incompreendida, preconceituada, estigmatizada, usada por machistas, abusada pelo prazer alheio e descartada como objeto.

Leia o texto escrito por Vânia Silva
"Em Primeiro lugar, é preciso admitir que qualquer pessoa, mal caráter ou não, pode se envolver em um triangulo amoroso, e isso não quer dizer que ela seja necessariamente uma vadia desprovida de moral. Livre-se de todo preconceito e julgamento para continuar lendo esse texto.
Pior que a ilusão da esposa em acreditar que não é traída, é a ilusão da amante em acreditar que um dia terá o homem casado só para ela. Olhando para isso e para todos os e-mails com amantes pedindo socorro que recebo, pensei, quais seriam meus conselhos para essas mulheres.
Algumas questões práticas:
http://www.fasdapsicanalise.com.br/conselhos-para-amantes-infelizes/

A mulher que se faz de amante, seja casada ou solteira, tenha ou não razões para tanto, sempre será estigmatizada pelo preconceito machista, como a amante infiel, sempre "a outra" ou uma opção de prazer e posse. A sociedade impõem, por questão de gênero, que uma mulher para ter valor, só tem valor se conviver com um homem. A mulher, estimulada pela vaidade e tanto quanto os homens, tenha que se obrigar a ter prazer e ter de se exibir aos homens, de fazer do corpo o capital e a não se valorizar pelas suas qualidades, sem reconhecer-se pela sua capacidade, e que possui, de ser e ter a sua própria independência. 

Na natureza todo macho tem o direito a possuir uma fêmea para procriar. Na civilização, todo homem e mulher tem o direito de se reconhecerem nas leis e na cultura, na igualdade e na aceitação entre os gêneros. A ciência e a cultura nos evoluem para um patamar acima da selvageria como seres culturais e conscientes da nossa origem entre os animais. Àqueles que não se reconhecerem na pós modernidade, estarão vivendo o "amor romântico" do passado e desconhecendo a convivência na sociedade de consumo e a família urbana. 
Os tempos mudam e não mudar é fatal.
~.~
O rei leão
Ver o filme e não compreender além da história é fatal. O leão, um macho forte e dominador, um ativo reprodutor, movido pelos instintos, um produtor ininterrupto de células somáticas, está geneticamente programado para perpetuar a espécie, mas nem tanto para a evolução. Sente-se no direito natural de possuir uma ou várias fêmeas. Domina um território com uma ou várias fêmeas para garantir a procriação. Segundo a Lei de Darwin, a lei do mais forte e da perpetuação da espécie. As fêmeas, de preferência mais jovens, são submissas e dominadas, cuidam das crias, organizam-se em bando para promover o almoço e o jantar para todos e oferecido pela natureza. Almoço e jantar inclusive para o rei leão que tem a preferência de se alimentar primeiro. Outro leão invasor será combatido, vencerá o mais forte e este matará as crias do vencido para prevalecer o gene do mais forte.

O que nos difere no reino dos animais? Somos integrantes desse reino e o que nos diferencia dos demais animais? Segundo as ciências, por sermos dotados de um aparelho mental mais estruturado e com mais funções cognitivas. Nos agrupamos em comunidades, convivemos em sociedade, damos significantes aos valores, estabelecemos as leis, as normas e as regras sociais, sistemas e ideologias. Nos construímos em paradigmas para evoluirmos como seres humanos, com iguais regras, com mesmos direitos, em iguais condições de gênero e nos reproduzimos como espécie. A cultura nos molda, somos seres culturais, dotados da carga genética e funcionamos na interação social. Será só isto? Ao analisarmos com operantes do reino animal, não nos diferenciamos tanto do rei leão e sua família. As leis e as normas sociais e por sermos sermos culturais, nos diferenciamos como animais se para tanto evoluirmos culturalmente para sermos humanos.
O homem, o macho forte e dominador, protetor de territórios e das fêmeas submissas, já não fascinam em sociedade. A evolução se faz, não pela força, mas pelo desenvolvimento da inteligência, pela aprendizado e a aplicação do conhecimento para constituir e acumular um patrimônio. Tanto homens como as mulheres são seres em iguais condições sociais, por meio das leis e valores culturais e dispõem-se ao acesso ao conhecimento para sua evolução. O século XXI em tempo de refletir o rei leão ao contrário e o pinóquio às avessas.
imagem colhida na internet
A mulher não se sente traída por sexo, sente-se traída em seus valores, sente-se traída na confiança pela família, pela sua dedicação e por seus filhos e filhas. O homem sem o seu reconhecimento de produtor constante de células somáticas e em busca de prazer sexual, estará limitado ao seu rei leão e ao seu reino animal. Tanto quanto, a mulher que faz de seu corpo um capital, atribuindo-se valor pelo patrimônio marital, tal qual o território de um rei leão, estará em submissão como uma fêmea leoa. Os tempos mudam, do falso amor romântico para uma sociedade de consumo e a família urbana, com menores membros, com a individualidade social imposta. Todos, sem exceção, somos produtores de todo renda para o consumo, bens e serviços, numa sociedade que privilegia o investimento na individualidade e na competição para a geração de renda. São novos tempos e as relações líquidas dos inconscientes do pós modernismo, do ser humano contemporâneo século XXI. Ou muda-se para continuar a evoluir em sociedade ou um par de macho e fêmea viverão reclusos num parque zoológico.

Siga alguns bons conselhos:
Antoine de Saint- Exupéry, que diz:
 “O verdadeiro amor nada mais é que o desejo inevitável de ajudar o outro a ser quem realmente é.”

Nunca se aproxime e conviva com um egoísta. O egoísmo é uma escolha inaceitável e imoral. Tem explosões de raiva se contrariados e não tem limites pelo prazer. O egoísta é maldoso e extremamente erótico pelo prazer. O generoso que alimenta um egoísta não é virtuoso e tem um ar de superioridade vaidosa e uma característica masoquista. 

Nada nos machuca mais do que as lesões afetivas, as feridas que ficam na alma. Mais do que dor física, a falta de amor, a traição, a ausência de determinadas pessoas ou, ainda, as palavras proferidas na hora errada, são capazes de nos ferir mais do que a dor da carne.

Confiar é como presentear a parte mais delicada que possuímos: o nosso coração. A confiança é um bem precioso, um tesouro que deve ser oferecido com cautela, porque é a parte mais linda de uma amizade e o vínculo mais forte de um relacionamento de casal.

Enxergamos o mundo e as pessoas de acordo como que aquilo que somos. As pessoas não nos vêem como nos enxergamos. Tão pouco reagem como esperamos, reagiremos por aquilo que somos, pois somos todos diferentes. Muitos não enxergam o mundo como ele é, mas como ele pode ser útil.

                         Uma pessoa boa, não diz que é boa, suas atitudes demonstram!
Ter diplomas não pode ser confundido com ter educação, os diplomas são títulos. Ser educado se aprende em meio a família e nos bons exemplos de outras pessoas. Os diplomas nos capacitam como profissionais, a educação é um estilo de vida para os civilizados. 

Uma pessoa educada, não diz que é educada, suas atitudes demonstram!
Aquele que faz e pede desculpas, não se desculpa a si mesmo, porque não se muda nas suas atitudes! Não se pede desculpas esfarrapadas, repensa-se os modos e muda-se para as educadas atitudes.

Muita confusão por aí. Muito sentimento miúdo se confundindo com amor verdadeiro.  Muita emoção só do gostar se passando por afeição verdadeira. Muito desejo de posse e prazer se misturando com o teu bem querer pra valer.

Amor é quando você deseja o bem, que seja livre, mesmo sabendo que ela será mais feliz longe de você. É doloroso... Mas, é o verdadeiro sentimento de quem sente amor. O resto é só prazer que vai se enojando e se trocando e o gostar que gosta de ir se mudando. Saiba distinguir entre o amor real e o falso amor vivido. A armadilha do amor romântico.

Desmitificando o amor romântico
Amor romântico: um compromisso que não vê limites, nem sequer depois da morte, uma paixão arrebatadora, uma cumplicidade perfeita, passarinhos cantando… Velas, luz baixa, música, se possível uma melodia sensual, um casal apaixonado abraçado, contemplando-se trocam votos de devoção apaixonada e intensa. Utopia? Impossível?
Dessa maneira imaginamos o amor ideal, ou melhor, o comportamento de um casal ideal. No entanto, o romance romântico e perfeito é impossível e esperá-lo apenas nos conduzirá a desilusões amargas.
https://amenteemaravilhosa.com.br/desmitificando-amor-romantico/

"O conflito faz parte da vida. E é sonho, apenas sonho, pensar em ser feliz quando os conflitos acabarem. Todo o mundo tem esse sonho. Mas os conflitos não acabam nunca. São da essência do ser humano. Há, portanto, em toda a pessoa, um conflito entre sua parte animal, que produz impulsos, e sua consciência moral, ou seja, as normas pelas quais ela pauta sua vida. (GAUDENCIO, 1994, p. 20)"
Quando há o fim do relacionamento, é normal associar o individuo frustrado a um individuo doente. Isto porque frustração causa uma dor, que pode ser forte ou fraca, dependendo da compensação que a substitui. Se esta for realmente muito compensatória, a frustração será esquecida. A frustração geralmente acontece porque as pessoas tendem a não se manter inteiras na relação, ou seja, não amam por inteiro. Se na relação, os envolvidos se manterem inteiros, eles serão capazes de vivenciar dentro deste relacionamento tudo o que eles podem oferecer fazendo com que seja construído o amor e tudo que vem atribuído a ele. A partir disto é que eles vão se autoconhecer realmente.

https://psicologado.com/psicologia-geral/desenvolvimento-humano/amor-romantico-a-essencia-da-procura-do-ser-amado

O que nos escraviza são as convivências ao lado oculto que nos cega, o dualismo e as consequências da nossa indiferença contra o mal

O egoísta é ser uma escolha da qual não se muda, porque gosta de ser egoísta, de ter razão nas vantagens em tudo e sobre todos. O egoísta de faz tudo pelo prazer imoral, é despudorado e animalesco, é mentiroso e grosseiro, é frio e calculista, é narcisista e arrogante, é trapaceiro e estúpido e sem limites pela avareza. Em seus extremos vai aos limites da psicopatia, como um transtornado obsessivo compulsivo, sempre a espreita sobre a vitima e com extremo instinto animal de posse e selvageria. Impossível fugir, impossível evitar? Impossível é uma palavra muito grande quando o medo é bem maior das pessoas pequenas.
O egoísta é aquele que deseja te possuir, e se te possui além do seu corpo até a sua essência, serás uma vitima fatal. A Refém e Prisioneira numa rede de intrigas e manipulações. Não se dará conta que está tão envolvida, atônita e anestesiada pelas agressões. Tão desesperançada, tão enganada e frustrada em desejar e não conseguir satisfazê-lo. Estarás tão confusa com as artimanhas e em tua baixa auto estima e tão submissa e humilhada em ser despojada na tua dignidade. Você não se reconhecerá em sua própria identidade de tanto martírio, senão pelo intenso sofrimento e tanta dor que está te transformando em outro ser, transtornada, escravizada e dependente de um vício de uma relação doentia. Você não se dará conta, pois estará adoecendo pouco a pouco, dia após dia, meses após meses, anos após anos. Por décadas de uma não vida. Não é o amor desde sempre, a crueldade é o sentimento mais antigo.


Todo egoísta é um individualista, mas nem todo individualista é um egoísta. O egoísmo é uma escolha pessoal inaceitável para obter o máximo erotismo do prazer. O egoísta não sabe amar, não sabe se doar ou doar-se aos outros. Não é generoso nem consigo mesmo e só faz planos que atenda ao seus interesses. Não há planos em conjunto e, se o faz mentindo é para atender e fazer do outro, tudo em seu benefício. As escolhas sempre terão o máximo em prioridade ao que o interessa e sem limites da maldade. Um egoísta pode ter planos em conjunto só para o seu futuro e, só fará planos compartilhados para iludir e dividir uma mentira com a outra pessoa. O egoísta é um mentiroso que acredita em sua própria mentira e, por tanto acreditar na própria mentira, ele viverá a sua mentira como a própria verdade. Ele nada irá construir para doar aos outros e que ele não possa usar para uma finalidade de adquirir mais benefícios de exclusivos e prazerosos.  Tudo será para alimentar o seu insaciável desejo e o obsessivo ciúmes doentio. Tirar tudo de uma pessoa, tão pouco restará a dignidade e a identidade pessoal, que possa dar ao seu prazer egoico o máximo prazer pessoal. O egoísta é um imoral sem freios, que o levam ao delito de homicídio. Ele te fará sentir-se confusa e ser a única culpada por tudo e a considerar-se uma problemática. 

Na convivência com um egoísta, restará a outra pessoa os restos, as migalhas, a perda do tempo da existência e a frustração dos seus melhores momentos perdidos. Do algoz, te restará a mágoa das inúmeras opções em que perdeu da vida. Saberás que a mentira é uma característica dos desonestos e os desonestos são egoístas ao ponto de roubar-te a vida. Ainda assim, o melhor tempo presente é o de recomeçar uma vida nova. Restaurar-se e reestruturar-se mentalmente das sequelas, das fobias, dos transtornos, dos traumas e dos danos mentais. Tendo como experiência tanto sofrimento e dor. Não sendo possível arrepender-se e voltar atrás para refazer uma vida perdida. Ciente neste presente, que nunca existirá planos futuros ao lado de um egoísta e que, para o seu bem, nunca houvera planos em vidas conjuntas no passado. O presente é sim, é o seu novo tempo de planos para se reconstruir em vida e construir o seu futuro em parceria dos seus amados.
O egoísta é aquele que te explora a carne, 
distorce tua mente, escurece a tua alma, suga a tua vida e 
te mata um pouco todo dia,
até não restar de ti mais nada.

A Cultura do Estupro
Cuidado animal: Ela não te deve pOrra nenhuma!
http://hypescience.com/ela-nao-te-deve-p0rra-nenhuma/
na lei brasileira:
Coibir uma pessoa do direito de ir e vir é inconstitucional e é crime contra a pessoa e vai mais além...
"O cárcere privado: Conforme o artigo 148 do Código Penal, a pena para crimes de sequestro e ou de cárcere privado varia entre um e três anos de prisão.
O tempo de detenção aumenta para entre dois e cinco anos se a vítima for um ascendente ou descendente do autor (pai ou filhos), cônjuge, companheiro ou pessoa maior de 60 anos ou menor de 18. Também em casos em que a privação de liberdade dura mais de 15 dias, quando envolve atos libidinosos ou provoca necessidade de internação hospitalar da vítima.
Já quando a vítima, em virtude de maus-tratos, passa a sofrer graves consequências físicas, morais ou psicológicas, o Código prevê reclusão de dois a oito anos."  

Não é porque você dá casa e comida para a mulher, a mãe de seus filhos, que se dê ao direito de forçar relações sexuais contra a vontade dela.
Mesmo que você for casado com ela e paga tudo por isso, não torna você o dono do corpo dela. Escravidão é ilegal e estupro marital é contra a lei desde 2009 no Brasil.
"Estupro marital: uma tortura intrafamiliar sob as perspectivas da Lei 12.015/2009
A violência intrafamiliar afeta a sociedade de forma severa. Sempre existiu, mas, devido ao machismo e a falta de legislação, não existia amparo para as mulheres violentadas em sua casa pelo seu companheiro."
https://jus.com.br/artigos/44158/estupro-marital-uma-tortura-intrafamiliar-sob-as-perspectivas-da-lei-12-015-2009

"Estupro, coito forçado ou violação é um tipo de agressão sexual geralmente envolvendo relação sexual ou outras formas de penetração realizado contra uma pessoa sem o seu consentimento. O ato pode ser realizado por força física, coerção, abuso de autoridade ou contra uma pessoa incapaz de oferecer um consentimento válido, tal como quem está inconsciente, incapacitado, tem uma deficiência mental ou está abaixo da idade de consentimento.  O termo "estupro" é usado às vezes indistintamente do termo "agressão sexual."  O art. 213, que é o que trata do estupro (comum) diz que é estupro “constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso”

ESTADO EMOCIONAL/PSICOLÓGICO DA VÍTIMA DE ABUSADOR EMOCIONAL
Blog by Micaela Hon
"Entra num círculo vicioso de raciocínios buscando sequências de causa e efeito, mas não encontra lógica alguma e não chega a lugar algum. Seus pensamentos circulam como insetos ao redor de um monte de lixo. Você entra no inútil raciocínio “e se”.  E a dor lancinante no coração grita mais alto do que qualquer outro grito possível, abafando os últimos laivos de equilíbrio.
A lembrança daquele sorrisinho dele de prazer, de divertimento, velado e ao mesmo tempo intencionalmente aparente é de gelar o sangue nas veias. Sorrisinho meio escondido de prazer enquanto você rasgava seu peito, chorava, se descabelava, tentando desesperadamente uma saída."
http://psicopatasentrenos.com.br/estado-emocionalpsicologico-da-vitima-de-abusador-emocional/
~.~
A antropóloga Mirian Goldenberg nos orienta sobre a feminilidade e o papel da mulher social: 
1. O corpo da mulher como capital e o único valor da mulher como sendo uma parceira.
Na natureza todo macho tem direito a possuir uma fêmea para perpetuação da espécie.
Em sociedade entre homens e mulheres, as leis da natureza animal deve prevalecer.
acesse o link
http://miriangoldenberg.com.br/content.php?option=com_content&task=view&id=89&Itemid=106
~.~
Ensaios de Gênero
2. Um espaço para se ensaiar política, educação, feminismo e coisas do gênero…
A psicanálise e a cultura nos ensaios sociais de gênero, explicam o desequilibrio a ser questionado.  A sociedade masculina deve ser superior a sociedade feminina?
Os Ensaios gênero - o sexo e o feminino de Sigmund Freud a Jacques Lacan. 
Da psicanálise de Simund Freud e Jacques Lacan
A personalidade feminina e como a sociedade perpetua a desigualdade entre os gêneros.
acesse o link
https://ensaiosdegenero.wordpress.com/tag/freud/
~.~
3. A falácia da liberação sexual e as novas formas de dominação
Por Clarissa Wolff
– Sabe, essa história de liberação sexual é uma mentira.
Tudo começou com essa frase, que um dia comentei casualmente com meu namorado. Em seguida completei: “acho que vou escrever sobre isso”.
Quando morava em Porto Alegre, eu gostava de ir a strip clubs com um dos meus melhores amigos e começar a noite por lá, bebendo uma cerveja e observando as apresentações. Aliás, amigos homens eu sempre tive muitos: “você é um dos caras, Cla”, era o que costumava ouvir com frequência. “Queria que as meninas que eu fico fossem mais como você.” Há algum tempo, essas declarações começaram a me deixar intrigada.
leia...
Clarissa Wolff, São Paulo. Escrever é a minha razão de viver. YouTube | Escrita Freelance | doce@catarticos.com.br
http://www.catarticos.com.br/doce/liberacao-sexual-vs-novas-formas-de-dominacao/

sábado, 17 de junho de 2017

Eu tenho um segredo pra te contar.

Lisa Ekdahl (nascida em 29 de julho de 1971) é uma cantora e cantora sueca de música popular. Ela até agora publicou cerca de 10 álbuns, a maioria deles na língua sueca, mas alguns inteiramente em inglês. Esta música é do álbum "Sings Salvadore Poe". É lançado em 2001. Salvadore Poe é o marido de Ekdahl. A música no álbum é uma mistura de jazz latino, fácil de ouvir e bossa nova.
website
http://lisaekdahl.com/
~.~.~

Convivemos com um dos maiores desafios da modernidade. 
Todos querem ser ouvidos, todos falam de si mesmos. 
Convivemos com a carência de sermos, 
não vistos na aparência, 
mas, sermos escutados nos sentimentos, 
das nossas filhas da angústia. 
Na angústia de viver de escolhas, 
das mesmas escolhas em que me faço o mesmo 
e em outras escolhas em que vou me mudando em vida.
A filosofia me contou um segredo:
A vida é feita de escolhas e toda escolha nos causa uma angústia.
A angústia é a mãe de todos os sentimentos que nos conjugam e
 nos mantém em laços e nos nós, unidos: no amor, na raiva, no ódio...

Acabamos nos conformando com as relações infelizes. 
Nos usamos nas Alianças da raiva e do ódio 
dos interesses e dos egoístas, das vinganças e das traições 
os filhos e as filhas
das agressões verbais e do sexo forçado
no jogo duvidoso das chantagens materiais

vivendo o que não somos
estamos sobrevivendo e não sendo o que se poderia ser
no desamor infinito enquanto dure o sofrimento
uma vida onde tudo se acostuma
sem saber de nós e o que somos, nos ensinamos pelo sofrimento
somos o pior dos exemplos aos filhos, elas aprenderão a ser como nós

Nos usando nas Alianças como cegos sem nos ver 
entre os que merecemos, sobreviventes do que aceitamos
da angústia e as suas filhas, no ódio, na raiva, no medo...
somos o que convivemos merecer, entre as muitas baixarias desumanas

As escolhas entre a Eva e a Tarsila do Amaral.
A Eva, figura criada na gênesis de uma costela, apenas uma parte pequena de Adão.
O casal poderia fazer de tudo no paraíso, a exceção de comer a tentação de uma maçã.
Foram julgados cúmplices, condenados por formação de quadrilha e banidos do paraíso.
Tiveram dois filhos, Caim e Abel, em descontrolado ciúme afetivo, um matou o outro.
Resumo da história divina:
um casal quadrilha de ladrões, um filho assassino e um cadáver de um irmão.
Assim começou a civilização humana.

A Tarsila, no antropofagismo, 
negou-se com a divina exacerbação sensual da maçã e 
para uma finalidade reprodutiva do homem. 
Em sua arte em Ser, pintando-se a mulher inteira e única. 
Adão, que só é semen, e sem a mulher não se servirá para porra nenhuma
 e nem para reproduzir-se homem. 
O homem na extinção que só se fez Adão 
Depois de ser concebido no ventre da Eva. 


Nascer mulher não é uma escolha, mas um ato divino.
Escolha é se permitir ser a costela de Adão.
Escolha é para que nasça a mulher inteira e única.
A mulher quase perfeita e muito além das maçãs.
Uma escolha de só ser dois defeitos:
A mulher ser única de si e
por ela ser irresistívelmente livre.


Eu tenho um segredo pra te contar.
Eu descobri que você é bonita por dentro
 que as suas palavras saem bonitas.
Que não você desiste de amar,
continuará sempre amando
 só irá desistir de sofrer.
Eu posso sentir que você é uma mulher madura,
que reconhece seu corpo, conhece as suas dores,
sabe da sua pele e, em cada uma das suas cicatrizes,
as cicatrizes da tua alma, que só quem se curou com amor,
sabe curar em cada uma das suas lembranças.
Como só aquela que se cura,
saberá com amor curar o outro.

A mulher madura que sabe onde no seu corpo,
ela se guarda nas suas dores e nos seus prazeres.
Ela sabe ensinar o homem amado,
para aprender que amar
com as palavras que se faz amor
Os mistérios onde ele possa senti-la
tocá-la para a dor ou o seu prazer.
O seu segredo de mulher madura,
que se reconhece nos encantos de ser uma flor
desabrochou dos seus aromas em vida.
Não é mais uma jovem, que ainda em botão,
está para experimentar a euforia do mundo e
para ainda aprender a se saber mulher.

Eu aprendi que viver e errar fazem parte de toda uma vida
e errar pode mudar uma vida toda.
Mas, viver sem o erro seria involuir no tédio
Das nossas cavernas pré históricas de Lascaux.

Eu sei que é chato.
Mas, eu tenho outra coisa pra te contar. 
"Nós vamos morrer, eu morro e você morre." 
Então, antes da gente morrer um pro outro, 
se você souber me ouvir. 
Eu quero fazer só um pedido: 
nós dois podemos morrer juntos se amando?


Eu tenho o teu segredo pra te contar. 
Eu descobri que você é tão bonita por dentro. 
Tu és tão perfeita com as tuas imperfeições, 
as que te fazem a mulher única. 
Teu amor me ensinará a amar os teus defeitos 
a admirar as tuas qualidades. 
Para quando a imagem de ti, 
que te idealizei, 
se quebrar em desencanto, 
saberás que te amarei nos teus piores momentos, 
para o tempo do aguar às tuas raízes.

eu tenho um segredo pra te contar
Só então,
me tatuaria em teus pés
eu te amo
cuidaria de ti como em mim
como aquele que ama na tua doença, 
para seremos felizes na tua alegria.

(-.- )
Leia Caio Fernando Abreu.
http://memoriasdaditadura.org.br/escritores/caio-fernando-abreu/

"Ele amava as minhas flores e quando o inverno chegou, não sabia o que fazer com as minhas raízes.
 http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa7402/caio-fernando-abreu

Caio Fernando Abreu Poa- RS
http://www.inf.ufrgs.br/~felipems/v7/biografia.html


segunda-feira, 29 de maio de 2017

Há palavras que nos beijam - Mariza canta Poesia de Alexandre O'Neill


DVD Concerto em Lisboa // Taken from "Concerto em Lisboa" DVD -Jaques Morelembaum -Cello http://dicionariompb.com.br/jaques-morelenbaum 

Official Website
https://www.mariza.com/ 
MÚSICA - CONCERTOS - BIOGRAFIA - NOTÍCIAS - GALERIA - CONTACTOS
Marisa dos Reis Nunes Ferreira é o nome de nascimento da fadista portuguesa Mariza, segundo ela própria corrige na TSF à conversa com Carlos Vaz Marques em 2003, «cantadeira de fados». Nascida em Maputo, Moçambique. 
imagem do website
~.~.~
Há palavras que nos beijam 

Há palavras que nos beijam 
Como se tivessem boca. 
Palavras de amor, de esperança, 
De imenso amor, de esperança louca. 

Palavras nuas que beijas 
Quando a noite perde o rosto; 
Palavras que se recusam 
Aos muros do teu desgosto. 

De repente coloridas 
Entre palavras sem cor, 
Esperadas inesperadas 
Como a poesia ou o amor. 

(O nome de quem se ama 
Letra a letra revelado 
No mármore distraído 
No papel abandonado) 

Palavras que nos transportam 
Aonde a noite é mais forte, 
Ao silêncio dos amantes 
Abraçados contra a morte.

Poema de / Poem by: Alexandre O'Neill
http://www.citador.pt/poemas/ha-palavras-que-nos-beijam-alexandre-oneill,
~.~.~
imagem da serra colhida na internet
~.~.~

Sem Ti - Mariza ( Miguel Gameiro)
https://mag.sapo.pt/musica/artigos/novo-album-de-mariza-produzido-por-javier-limon?artigo-completo=sim

segunda-feira, 10 de abril de 2017

não há despedida nos sentimentos

Todo Azul do Mar [flávio venturini - ronaldo bastos]
http://www.flavioventurini.com.br/
~.~.~

Relicário

As palavras que ficaram...
São doces canções do tempo
guardadas nas retinas da memória...

O hoje...
que lembra da inocência do ontem
florindo entre as açucenas
No cheiro, das pitangas colhidas no pomar,
entre um olhar e um poema

E o que seriam as palavras que lhe dedico?
Se não, a consciência incontestável do que sinto
A consequência, inexplicável deste sentimento
que advém, de tanto te amar

Um amor de realidades, que se fundem aos sonhos
Que nos estende um tapete com aroma de flores silvestres
Por onde passam os dias, rodopiam as horas.

Seriam palavras colhidas a ermo?
Ao vento em um antigo dicionário?
Seriam um presente? 
Um relicário?
Feito somente de cartas de amor, a ti, 
em mim... 
eterno!
~.~.~

não há despedida nos sentimentos

na distância se afastam os corpos 
há despedida nos desencontros
há o corpo que do outro se afasta
são enganos ligados em pensamentos

sou tudo o que sou em sentimentos
também sou o que não sou na despedida
e quando o que não sou é forte e intenso
sou tudo o que sou para ser o que não sou

por mais que os corpos se afastem
mais se aproximam dos pensamentos
não há despedida nos sentimentos
se um dia amanheça como lembranças

sou tudo o que sou, mas...
também sou o meu reverso
entre meu ser e não devo ser 
sou o que posso, sou sentimento
~.~.~