segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Coisas do amor


Vou esquecer
Da sua boca o vermelho
Dos lábios o teu gosto
Da tua pele o sal
De todos os teus ais

Sem o vermelho que pulsa
O sangue que borbulha
Esqueço-me de ti
Sem sonhar teu rosto
Arrancando-te de mim

Da minha pele a memória
Da tua cama o perfume
Deixo no vento o teu cheiro
Nas ondas do mar o teu suor

Enquanto espero acontecer
Vou perdendo-me do azul
Atracando-me no cais
Criando limo no coração

Enquanto espero adormecer
Vou lembrar eternamente
Que ainda vou te esquecer